terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Broinha de Nata


Depois do creme de cenoura... lembrei que creme vem de leite, do leite se faz queijo, manteiga, iogurte... e posso dizer que lá em casa ainda é assim:

De vez em quando, compram leite direto do produtor, que entrega na porta. É sempre de gente conhecida, que moram por ali perto, têm umas 6 vaquinhas no máximo; gente que faz um queijinho esperto e quando sobra leite, leva pra cidade de camionhete, nuns "latões de plástico".

Quando eu era criança era desse jeito mesmo, só que vinham de porta em porta a cavalo, ou com um jeguinho manso, as latas - latas mesmo- penduradas lado a lado. Tempos mudaram, hoje vêm motorizados, mas o leite parece igual. É aquele saído direto da vaca, gordo, cheio de nata, nada de formal (ai ai ai ), nada de leite de caixinha.

Quando ajunta um tanto de nata, tia Imene faz umas broinhas de nata, que são deliciosas e muito fáceis de fazer. Essa receita ela ganhou da amiga Meire, faz tempos, e no Quitandas de Minas, ela fez questão que eu colocasse que a receita é da Meire. Na verdade é mesmo, mas a tia Imene faz super bem, pra acompanhar um café feito na hora é delicioso. Segue a receita:


Broinha de nata

1 xícara de nata

1 colher (sopa) de manteiga

7 colheres (sopa) de açúcar

1 colher (sopa) de fermento em pó

1 ovo

1 pitada de sal

14 colheres (sopa) de farinha de trigo.

E fazer é fácil, fácil: Misturar tudo e enrolar como pãezinhos. Assar em tabuleiro untado, em forno médio, até dourar. Depois, guarde umas pra mim, pr'eu saber que você fez direitinho, tá.

-------------------

ah, eu volto falando mais de leites, natas e queijo


5 comentários:

  1. Oi Rosaly,

    Não sei se já consegui deixar um recado para você, mas como não o vi publicado, creio que me esqueci! [são tantas coisas para fazer]

    meu nome é Joyce Galvão e consegui seu contato através do Eduardo Girão. Estou indo para Minas em janeiro e passarei por Congonhas. Como não conheço a cidade, e estou querendo conhecer a região aprofundadamente achei que poderia contar com sua ajuda.

    Gostaria de dicas sobre Congonhas, algumas fazendas para visitar, locais que você julga importante para que eu possa conhecer as quitandas.

    Aguardo seu contato, meu email: joyce.vgalvao@gmail.com

    abraços

    ResponderExcluir
  2. Hum, esse post eu li com água na boca. Vou experimentar essa sua receita loguinho.

    beijo

    ResponderExcluir
  3. Huuuuuuuuum.
    Li esse post com água na boca. Vou postar essa sua receita loguinho.
    beijo

    ResponderExcluir
  4. Que maravilhas!
    Mês passado fui passear por algumas cidades mineiras e me deliciei com a culinária. Inclusive, comi pequi e amei !!!!!!!!!!!!!!
    Abração

    Sol

    ResponderExcluir
  5. Elaine Silva18 fevereiro, 2014

    Olá... gostaria de agradecer pela receita e dizer que testei... e me surpreendi com o resultado... perfeitoooooooo. Podem fazer amigas, voces irao amar!!!!

    ResponderExcluir

palpite, comente, deixe sua receita, conte sua história: