quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Geleia de Manga

Todo verão, quando as mangueiras estão à toda, não é raro conseguir de graça a saborosa fruta. Espalhadas pelas ruas da cidade grande, a mangueira faz sombra e purifica o ar; nas regiões litoraneas, exuberantes mangueiras também se exibem, refrescando a sensação de calor. Pelo interior do país, as frutas servem de alimentos não só aos passarinhos, mas a todos os animais.

Com tanta fartura, não consigo ficar imune: lembro que há muito tempo, de férias numa chácara na periferia de Goiânia, eram tantas a quantidade e variedades de manga que resolvi juntar tudo e fazer geleia com a única panela que tínhamos na casa. Foi tudo meio intuitivamente, sem receita, sem balança, mas rendeu bastante e deu o que falar. Ainda trouxe uns potes, depois de distribuir para vários amigos da cidade.

Outra vez, de visita à casa de um amigo, no Arraial d'Ajuda-Bahia, diariamente, jardim e quintal amanheceiam coalhadinho de mangas. Como a gente não conseguia consumí-las, meu amigo ordenava ao caseiro que recolhesse e jogasse fora. Inconformada com aquilo me propus a ir pra cozinha preparar a geleia. Comprei um saco de açúcar, alguns limões, peguei faca, um liquidificador e mãos à obra. Ainda retornei no outro dia pra fazer outra tachada de geleia de mangas. E podia repetir isso outros e outros dias.

A receita abaixo é uma das várias do livro Quitandas de Minas, receita de família e histórias, mas pra geleia de fruta, não tem mistério: é juntar a fruta, açúcar, um limão pra cortar o doce, um poco de água, colocar no fogo e deixar engrossar. Importante lembrar que cada fruta tem suas características e nem todas dão geleias com tanta facilidade. Se a fruta for rica em pectina é uma maravilha. Segue a receita que, no livro, está à página 154.

Geleia de manga
2 kg de manga madura
½ kg de açúcar cristal
Caldo de 1 limão
Água

Modo de fazer:
Escolher mangas maduras, lavar e descascar a manga. Cortar em pedaços, aproveitando os pedaços sadios (nem sempre a manga está toda boa, principalmente se tiver sido apanhada no chão). Bater no liquidificador com um pouco de água. Numa panela, levar ao fogo médio. Mexer sem parar até engrossar e atingir o ponto de geleia. Use sua sensibilidade!

Enquanto quente a geleia fica mole, mas quando esfria engrossa. Colocar a geleia em vidro esterilizado. Guardar em geladeira.

(as fotos foram feitas em Soure, capital da Ilha de Marajó, um lugar cheio de mangueiras enormes, maravihosas e búfalos soltos, que adoram suas sombras e seus frutos. Nesse caso, é claro, as crias botam abaixo a teoria de que leite e manga faz mal. ;-)))))

12 comentários:

  1. Nossa o chão do Mato Grosso tá que é só manga...ótima receita...
    Vou levar comigo...

    bjim
    Jana
    http://janainamechi.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Delícia de receita!!! Passa lá no meu blog que tem mais umas geléias delicious! Abraços, Ana.

    ResponderExcluir
  3. Olá Rosaly,
    Fiz sua receita de licor de jaboticabas,depois conto como ficou...
    puxa que delícia essa receita heim!Adoooro manga, pegar no pé e comer ali mesmo debaixo da sombra refrescante,eita simplicidade que preenche a alma.
    Bjo e paz
    Lilian MG

    ResponderExcluir
  4. Rosaly, essa receita de manga é genial. Vou adotá-la em nosso cardápio como também, presentear para alguns amigos. Moro numa chácara e temos plantações de mangueiras. Temos mangas que uma época dessas colhemos, algumas com quase 2.100kg. Um grande abraço e muito obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Olá Ana, assim vc me deixa com inveja, rsrsrs... Sucesso no seu negócio! E se quiser me mandar um potinho de presente, aceito sim, viu. grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Adorei a receita!!! Estava louca aqui em casa com tanta manga no quintal e eu sem saber o que fazer, meu cachorro come umas 10 por dia, eu faço suco, dou pros vizinhos e tem manga sobrando...vou testar ainda hoje e depois conto se deu certo...claro que vai dar, né....beijos e obrigada!!!!ok

    ResponderExcluir
  7. OLÁ, VOU TENTAR FAZER A GELÉIA, SERÁ QUE DEPOIS DE PRONTA TEM PROBLEMA COLOCAR EM POTES PLÁSTICOS, POIS SE DER CERTO QUERIA VENDER.
    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  8. Flávia,
    a geleia de manga não resiste a potes plásticos. Ela se deteriora muito rapidamente. Melhor colocar em vidro esterilizado.

    ResponderExcluir
  9. Nossa.levei um susto quando li a receita...o como identificar o ponto de geleia? espero que no livro tenha dicas bem mineiras e mais precisas sobre isso...rsrsrs estou no aguardo

    ResponderExcluir
  10. ah Edna, o ponto de geleia... o livro explica sim. Tem que ser grossinho, sem ser duro.

    ResponderExcluir

palpite, comente, deixe sua receita, conte sua história: